26out2017

Governador do Paraná usa emendas de deputados federais e não divulga autoria

Acordo de Beto Richa com bancada no Congresso previa divulgação conjunta das verbas que somam R$ 43 milhões. “O governador preferiu se aproveitar do suor e do trabalho de todos os deputados para se promover”, disparou Christiane Yared

O governador do Paraná, Beto Richa, e o secretário de saúde do estado, Michele Caputo Neto, se apropriaram de R$ 43 milhões em recursos de emendas parlamentares de bancada sem creditar a autoria aos congressistas paranaenses, responsáveis pela verba. A atitude revoltou a deputada federal Christiane Yared (PR-PR).

“Todos os deputados travam uma luta diária no Congresso e nos Ministérios para conseguir recursos que possam ajudar a população. É lamentável pegar os créditos de uma ação conjunta de toda a bancada para tirar proveito da situação”, disparou Yared.

A polêmica começou em setembro, após o governador Beto Richa descumprir um acordo com a bancada paranaense na Câmara. Os parlamentares destinaram R$ 43 milhões para o fundo estadual da saúde do Paraná. Pelo acordo, o governo de Beto Richa passou a gerenciar o dinheiro, e destinaria a verba para os municípios indicados pelos 30 parlamentares.

Contudo, ao entregar os recursos, Beto Richa tomou a autoria das emendas. O governador reuniu aliados na esfera estadual e fez a entrega dos R$ 43 milhões em investimentos aos municípios, sem apontar que o esforço foi realizado pela bancada do Paraná na Câmara dos Deputados.

“O governador preferiu se aproveitar do suor e do trabalho de todos os deputados para se promover. Atitude de quem não conseguiu gerir a saúde no estado e viu o sistema entrar em colapso. Independentemente das omissões do governo, vamos continuar trabalhando firme para trazer mais benefícios ao nosso estado”

Yared destinou R$ 1,3 milhão que beneficiou 11 cidades paranaenses. A verba foi investida em kits para Unidades Básicas de Saúde e Transportes Sanitários.